Saque do PIS/Pasep por idosos poderá ser feito apenas com identidade

Os idosos com direito ao saque do PIS-Pasep terão que levar apenas um documento oficial com foto para retirar o dinheiro nas agências da Caixa Econômica e do Banco do Brasil. Segundo resolução publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União, o comprovante de inscrição nos dois fundos só será necessário caso os dados apresentados não permitam a identificação da conta.

A idade mínima para saque foi reduzida de 70 para 62 anos, no caso das mulheres, e 65 dos homens, por meio de uma medida provisória em agosto. O pagamento é feito pela Caixa Econômica (para iniciativa privada) e pelo Banco do Brasil (para servidores públicos).

Para quem tem conta no Banco do Brasil ou na Caixa, o depósito será automático, sem que o correntista precise solicitá-lo. O calendário de pagamentos, entre outubro deste ano e março de 2018, será divulgado até sexta-feira, e as datas de liberação devem variar de acordo com a data de aniversário do trabalhador.

Têm direito ao saque apenas pessoas que contribuíram para o Pasep ou o PIS até 4 de outubro de 1988 e que já não tenham efetuado o resgate total de seus saldos.

Segundo o Ministério do Planejamento, em junho de 2016, o saldo médio por cotista era de R$ 1.187. A maioria das pessoas tem pelo menos R$ 750 a serem resgatados. Jornal Extra

News

Contribuições

image

Mais uma facilidade para sua empresa, a emissão de guias e boletos de guias sindicais online.

Convenções

image

Visualize e imprima as Convenções Coletivas de Trabalho, atual e de anos anteriores.

Jornal SINPOSPETRO

image

Veja todas as edições do Jornal SINPOSPETRO-RJ e fique por dentro de tudo o que acontece em seu sindicato.

Links Sindicais

Encontre em nosso site




Mais vídeos? Clique [aqui].

Somos Filiados

 A Federação Nacional dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo
 
 A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio
 
 E a Força Sindical
 

Filie-se

Sindicalizar-se significa fortalecer-se com vista à defesa de seus interesses, sendo estes individuais e coletivos, levando em conta que o sindicato lhes faz chegar informações preciosas, que o trabalhador nunca terá acesso se estiver caminhando individualmente. É um investimento individual e coletivo.

Filie-se hoje mesmo e garanta seus direitos!